Oferta!

Entre o Repúdio e o Divórcio – Indispensável aos Ministros

R$138,30 R$69,15

Ou em até 2x de R$34,58
Sem Juros - PagSeguro

Parcelamento PagSeguro

1x de R$69,15 *s/ juros3x de R$24,44 c/ juros5x de R$15,10 c/ juros7x de R$11,09 c/ juros9x de R$8,88 c/ juros11x de R$7,47 c/ juros
2x de R$34,58 *s/ juros4x de R$18,60 c/ juros6x de R$12,76 c/ juros8x de R$9,85 c/ juros10x de R$8,10 c/ juros12x de R$6,94 c/ juros

382 em estoque

Categoria:

Descrição

Um erro de tradução dos revisores do rei Tiago da palavra REPÚDIO levou muitas gerações à escravidão e ao obscurantismo, de tal forma que foi preferível continuar sendo repudiado e viver no estado de repúdio do que tomar a sua carta de alforria.

Pois aquilo que Deus une não intente separar, e aquilo que Deus separa, homem nenhum une! Abrão quis unir-se a Agar e viver com Sara, Deus não permitiu! Abrão quis unir Agar ao propósito, Deus mandou separar-se, pois Sara era mãe das multidões!

Jonas deveria ser lançado no mar, mas os marinheiros ouviam-se entre si e o tempo ia passando e a tempestade aumentando enquanto eram dominados pelo medo e pena! O submarino de Deus ia passar e eles naufragariam!

TODA MULHER DEVE PEDIR O PENHOR DE QUEM ELEGER COMO ESPOSO

Na porta da cidade de Enaim se assentou como uma prostituta. Ali vai passar Judá. Ele a verá e se interessará por ela. Ele de fato passou por ali e a convidou (v. 15).
Qualquer mulher não atuaria como ela. Ela é fenomenal, inteligente. Toda mulher deveria aprender com ela. Ela não se entrega se não tem penhor. Não se entregue a homem nenhum se não tem aliança, segurança garantida. Não se entregue a nenhum crápula se sabe que ele não tem garantia para cobrir suas necessidades, embora lhe pareça bonito, atraente, visionário, experto… não! Se não tiver penhor para lhe dar, saia fora!

Ela pediu-lhe o penhor. Era a sua vida que estava em jogo. No final do verso 16 ela lhe pergunta: Que me darás? Ele respondeu, um cabrito. Ela aparentemente valia isto, mas era mais valiosa do que Judá. Que penhor ela queria? Veja o penhor:

1) O teu selo com a corda
2) O lenço (como corda)
3) O cajado.

Estas três coisas representavam a vida de um príncipe do seu povo. O selo era sua identidade, o lenço representava a sua herança e sua autoridade civil, e o cajado a sua autoridade espiritual diante de Deus e da sua tribo, lembrava o Êxodo e a vitória de Israel sobre o Egito. Ela foi capaz de na ocasião da necessidade tomar tudo isso de um só homem. Que mulher! Nem todas as mulheres são capazes de tomar isto de seu marido.

O histerismo, a falta de sabedoria na hora de falar, a falta de inteligência em atuar, perguntar e sair diante de seu marido não dá para ter nem um só fio do lenço. Palavras são palavras e atos são atos. Deus coopera com o injustiçado, Deus é justo.

A quem se destina:
– À todos aqueles que amam sua Família ou querem aprender sobre o Tema
– Professores de Teologia, de Seminários Teológicos
– Pregadores da Palavra
– Professores da Escola Dominical
– Pastores, Mestres…

Informação adicional

Peso0.4 kg
Dimensões21 × 15 × 2 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Entre o Repúdio e o Divórcio – Indispensável aos Ministros”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X